domingo, 18 de setembro de 2011

DIA DO PET NA RAPOSA-MA


O município da Raposa está localizado na porção setentrional da ilha do Maranhão, possuindo um pouco mais de 24000 habitantes e 65 km2 de território. A praia da Raposa, por sua vez, representa a maior colônia de pesca do Maranhão, que vive basicamente da pesca, do artesanato e do turismo, atividade que vem sendo desenvolvida recentemente.
Além disso, o município da Raposa tem uma grande área de manguezal, um ecossistema costeiro de transição entre o ambiente terrestre e marinho de extrema importância ecológica. Os manguezais desenvolvem-se em ambientes de intensa deposição, tais como estuários, onde há a mistura da água doce e salgada que, juntas, fluem para o mar carreando nutrientes, materiais orgânicos e sedimentares São, portanto, considerados zonas de alta produtividade biológica permitindo a existência de uma grande variedade de espécies no meio aquático. Esse ecossistema possui uma grande variedade de nichos ecológicos, o que resulta numa fauna diversificada com representantes dos seguintes grupos: anelídeos, moluscos, crustáceos, aracnídeos, insetos, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.
Contrastando-se a essa extraordinária riqueza natural está à problemática do lixo, principalmente no que se refere ao uso indiscriminado de descartáveis jogados no mangue, o que compromete a sobrevivência das suas espécies residentes, a saúde da população e as atividades de turismo na região. Assim, o projeto visa conscientizar a população local sobre o uso de descartáveis, os malefícios de resíduos sólidos descartados indevidamente o reaproveitamento de lixo orgânico (técnicas de compostagem, reaproveitamento de restos de alimento) e o emprego de medidas preventivas contra a poluição e degradação do manguezal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.