quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Tiroteio em Pedrinhas: mais dois presos são mortos em nova rebelião

Uma nova rebelião de presos foi registrada no Complexo Penitenciário de Pedrinhas nesta madrugada, no Centro de Detenção Provisória (CDP). E desta vez houve tiroteio dentro da prisão.
Os presos identificados como Julit da Paz Figueira Santana e Marinaldo de Jesus Gaspar Castro foram atingidos por disparo de arma de fogo. O que ainda não ficou esclarecida foi a presença de armas nas mãos de detentos.
Um boletim de ocorrência foi registrado no plantão de polícia da Vila Embratel. O fato aconteceu na madrugada e até no início da manhã desta quarta-feira (2)  familiares de presos permaneciam em frente ao Complexo aguardando informações sobre o ocorrido.
Na manhã desta terça-feira (1) numa briga entre dois grupos rivais, motivada  transferência de 18 detentos da Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) do Anil para Penitenciária de Pedrinhas, três detentos foram assassinados, sendo um decapitado e mais dois feridos.
Com a rebelião foi suspensa a transferência de mais 35 presos que seriam encaminhados para Pedrinhas. O que dá a entender que as facções criminosas é que mandam no Presídio.
Agentes penitenciários que preferem não se identificar confirmam  a presença de armas dentro do CDP.
A Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) do Maranhão tenta esclarecer mais esse caso, e garante que uma revista minuciosa será feita em todo o Complexo de Pedrinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.