sábado, 15 de agosto de 2020

Entenda a decadencia politica de ocileia na Raposa

Em 2016, a então candidata a prefeita de Raposa, Ocileia Fernandes, filha do ex-prefeito Paraíba, viu o grupo político do pai rachar ao meio depois que o plano de trair o cunhado Eudes Barros foi concretizado.

A família de Ocileia, tinha um compromisso de apoiar a candidatura do Eudes a prefeito de Raposa, naquele ano. Mas Ocileia, vaidosa e sedenta por poder, abandonou o cargo de vice-prefeita em Junco do Maranhão, para fazer a maior lambança na Raposa, quebrando o acordo com Eudes e se lançando candidata a prefeita em Raposa.

Naquele ano, por causa da ganancia da própria Ocileia, o grupo Paraíba foi rachado ao meio, quando, tecnicamente, Eudes Barros saiu candidato levando a metade dos votos do grupo Paraíba. O resultado da eleição foi a derrota dos dois, por Talita Laci, que obteve mais de 6 mil votos, contra os 4mil votos de Ocileia e 4 mil votos de Eudes Barros.

Após a derrota de 2016, Ocileia levou outra pancada quando perdeu o apoio de Andrea da Colônia, esposa do vereador mais bem votado daquele ano, Magno da Colônia (757 votos), que foi eleito pelo grupo da filha de Paraíba.

Ao deixar o grupo de Ocileia, por conta de traições sofridas, Andrea levou consigo uma outra parte do grupo da ex-vice prefeita de Junco. Ou seja: Ocileia hoje tem um grupo quebrado em três partes. Eudes levou a metade, Andrea comeu mais um bom pedaço.

Nas eleições de 2018, Ocileia levou mais um duro golpe na nuca. Apoiou para deputado estadual e federal, respectivamente, Carlinhos Florêncio e Victor Mendes, e conseguiu a mais baixa votação entre os grupos políticos de Raposa.

Hoje, a filha do ex-prefeito tem investido em um pequeno grupo de desconhecidos, recém chegados, sem conteúdo ou bagagem política, que é usado por ela para atacar e ofender seus adversários.

Ocileia sabe que dificilmente sairá vitoriosa nestas eleições, mas ela precisa atacar os adversários para manter o seu nome vivo e depois das eleições garantir ao menos um salário de 4 anos no gabinete de algum deputado. No final, seus apoiadores é que ficarão no prejuízo, derrotados e sem espaço.

Há quem diga na Raposa que a própria Andrea da Colônia, que é nova liderança política na Raposa, terá mais votos que Ocileia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.