sexta-feira, 11 de junho de 2021

FLÁVIO DINO CRITICA PEDIDO DE PARECER DE BOLSONARO SOBRE DESOBRIGAR USO DE MÁSCARA

 

O governador Flávio Dino, em mensagem em sua página no Twitter, sem citar nome, questionou o pedido de parecer solicitado pelo presidente Jair Bolsonaro ao Ministério da Saúde para desobrigar o uso de máscara por pessoas que já estejam vacinadas ou se curraram após contrair Covid-19.

“O barco afundou no meio do oceano. Você está com colete salva-vidas. O comandante diz que tem um “parecer” orientando a que todos tirem o colete. Alguém obedeceria? “Parecer” não é maior do que o bom senso. E nem do que as leis. USAR MÁSCARAS salva a sua vida e a do próximo”, observou Dino.

Nesta quinta-feira (10), durante cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente voltou a surpreender ao anunciar que conversou o ministro Marcelo Queiroga e solicitou dele um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados e se curraram, decisão essa bastante questionada por infectologistas.

A obrigação do uso de máscara em espaços e ambientes públicos, entre outras medidas sanitárias, é definida em decretos estaduais e municipais, por iniciativa de prefeitos e governadores, conforme decisão vigente do Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com epidemiologistas, a população vacinada ou que já teve a doença deve continuar usando máscaras porque, mesmo imunizada, ainda pode transmitir o vírus para outras pessoas. Segundo especialistas, a desobrigação do uso de máscara só seria recomendável quando o país alcançar um número expressivo de pessoas completamente vacinadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gilberto agradece pela sua participação no Blog Voz da Raposa.