NO AR

Avozdaraposa@gmail.com

avozdaraposa.com.br

Cidade

Deputado Yglesio está autorizado a deixar o PSB, após ser perseguido por Flávio Dino

Publicada em 12/09/23 às 16:04h - 65 visualizações

por Avozdaraposa@gmail.com


Compartilhe
 

Link da Notícia:

 (Foto: Avozdaraposa@gmail.com)

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) decidiu, por unanimidade, em sessão realizada na tarde desta segunda-feira (11), o deputado estadual Yglésio Moisés a deixar o Partido Socialista Brasileiro (PSB) sem qualquer implicação ao seu mandato. O parlamentar ajuizou ação de declaração de justa causa para desfiliação partidária alegando que desde a campanha política de 2022 vem sendo perseguido por dirigentes da sigla, cuja figura mais proeminente no estado é o ex-governador, senador licenciado e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino.

A defesa de Yglésio Moisés, que exerceu o direito à sustentação oral no julgamento da ação movida contra o seu próprio partido, apresentou argumentos que convenceram todos os magistrados da corte eleitoral a permitir o seu desligamento do PSB sem o risco de perder o mandato, penalidade imposta a ocupantes de cargos eletivos que deixam agremiações políticas sem a devida anuência das siglas ou por decisão judicial.

Uma das alegações apresentadas pelo deputado foi de que não teve direito a recursos do fundo eleitoral no último pleito, do qual saiu vitorioso, conquistando a renovação do mandato na Assembleia Legislativa do Maranhão. Também foi apontada ilegalidade no processo administrativo disciplinar instaurado pelo partido contra o deputado.

A defesa de Yglésio Moisés citou, ainda, na sustentação oral, alguns atos de desprestígio cometidos pelo PSB contra o parlamentar, que impuseram ao mesmo uma série de constrangimentos. Um deles foi a remoção injustificada do deputado do grupo de Whatsapp do partido.

Os advogados do requerente informaram, ainda, que a direção partidária deixou de responder a todos os ofícios e requerimentos sobre assuntos internos da sigla encaminhados por Yglésio Moisés. Foi mencionada, também, a ausência de convite ao parlamentar para participar de reunião na qual foram traçadas diretrizes partidárias para a atual legislatura e outras deliberações.

Por: Daniel Matos



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


 
Enquete
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Facebook
 Instagram
 Twitter
 Youtube







.

LIGUE E PARTICIPE

98988360370

Visitas: 30502
Usuários Online: 11
Copyright (c) 2024 - Avozdaraposa@gmail.com