sábado, 15 de agosto de 2020

Entenda a decadencia politica de ocileia na Raposa

Em 2016, a então candidata a prefeita de Raposa, Ocileia Fernandes, filha do ex-prefeito Paraíba, viu o grupo político do pai rachar ao meio depois que o plano de trair o cunhado Eudes Barros foi concretizado.

A família de Ocileia, tinha um compromisso de apoiar a candidatura do Eudes a prefeito de Raposa, naquele ano. Mas Ocileia, vaidosa e sedenta por poder, abandonou o cargo de vice-prefeita em Junco do Maranhão, para fazer a maior lambança na Raposa, quebrando o acordo com Eudes e se lançando candidata a prefeita em Raposa.

Naquele ano, por causa da ganancia da própria Ocileia, o grupo Paraíba foi rachado ao meio, quando, tecnicamente, Eudes Barros saiu candidato levando a metade dos votos do grupo Paraíba. O resultado da eleição foi a derrota dos dois, por Talita Laci, que obteve mais de 6 mil votos, contra os 4mil votos de Ocileia e 4 mil votos de Eudes Barros.

Após a derrota de 2016, Ocileia levou outra pancada quando perdeu o apoio de Andrea da Colônia, esposa do vereador mais bem votado daquele ano, Magno da Colônia (757 votos), que foi eleito pelo grupo da filha de Paraíba.

Ao deixar o grupo de Ocileia, por conta de traições sofridas, Andrea levou consigo uma outra parte do grupo da ex-vice prefeita de Junco. Ou seja: Ocileia hoje tem um grupo quebrado em três partes. Eudes levou a metade, Andrea comeu mais um bom pedaço.

Nas eleições de 2018, Ocileia levou mais um duro golpe na nuca. Apoiou para deputado estadual e federal, respectivamente, Carlinhos Florêncio e Victor Mendes, e conseguiu a mais baixa votação entre os grupos políticos de Raposa.

Hoje, a filha do ex-prefeito tem investido em um pequeno grupo de desconhecidos, recém chegados, sem conteúdo ou bagagem política, que é usado por ela para atacar e ofender seus adversários.

Ocileia sabe que dificilmente sairá vitoriosa nestas eleições, mas ela precisa atacar os adversários para manter o seu nome vivo e depois das eleições garantir ao menos um salário de 4 anos no gabinete de algum deputado. No final, seus apoiadores é que ficarão no prejuízo, derrotados e sem espaço.

Há quem diga na Raposa que a própria Andrea da Colônia, que é nova liderança política na Raposa, terá mais votos que Ocileia.

terça-feira, 11 de agosto de 2020

O VEREADOR JORGE DA ARLETE PONTES, PRESTA CONTA DE SUA ATUAÇÃO DE UM ANO E SEIS MESES DE MANDATO NA CÂMARA MUNICIPAL DE RAPOSA.

Após o encerramento de um ano e seis meses do seu primeiro mandato como vereador na cidade de Raposa-MA, o vereador Jorge da Arlete Pontes, hoje (PSDB) fez um balanço de 2019. Somente entre trabalhos apresentados em Plenário foram 13 proposituras. "Sem contar os diversos trabalhos realizados que fomos direto ao Executivo. Tivemos contato e reuniões com todas as Secretarias em busca dos mais diversos tipos de soluções. Foi um período bastante positivo”, comentou Jorge.


“Nossa atuação foi ampla. Conseguimos ir além destes meses. Atuamos em favor do Povo mais carente de nossa cidade e seus trabalhadores e não deixamos de cobrar as melhorias para os bairros”, comentou Jorge, ressaltando, também, os projetos apresentados e sancionados.

O trabalho continua


No período em que a Câmara entra em recesso na primeira semana de julho, quando não há Sessões legislativas, os trabalhos continuam. "Este é o momento em que conseguimos acompanhar melhor as cobranças e organizar tudo o que apresentamos no primeiro semestre do ano. Além disso, continuo em contato direto com os munícipes, visitando bairros e me reunindo com diversos setores da Prefeitura em busca de solução para os problemas que encontramos e recebemos da população", declarou o vereador.

A íntegra dos trabalhos apresentados em Plenário da câmara de Raposa.



PROJETO DE LEI

Nº. Proj. de Lei
EMENTA
APROVAÇÃO
Proj. nº. 001/2019
que altera a denominação da Unidade Integrada Sarney Filho, para Unidade Integrada Prof.ª Dalva Celeste Saboia.
1ª: 01/03/2019
2ª: 01/03/2019
Proj. nº. 006/2019
de autoria do Vereador Jorge Lutifi da Ponte, que institui a Política Municipal de Proteção  dos Direitos das Pessoas com Transtorno do Espectro Autista e dá outras providências.
1ª: 10/05/2019
2ª: 10/05/2019
Proj. nº. 007/2019
que instituem, no Município de Raposa, o Dia Municipal da Fibromialgia, filas preferenciais e vagas de estacionamento preferencial.
EM COMISSÃO
Proj. nº. 008/2019
que institui o “Programa Social  de Custeio Funerário” e dá outras providências.
EM COMISSÃO


INDICAÇÕES
Nº. INDICAÇÃO
EMENTA
APROVAÇÃO
IND. nº. 007/2019
solicitando ao Ilustríssimo senhor Gerente da Regional Metropolitana de São Luís / SEBRAE – MA, para que seja realizado uma parceria institucional para a implantação do Curso de Formação de Marcos Jurídicos Legislativos na cidade de Raposa-MA
15.03.2019
IND.  nº. 018/2019
subscrito pelo Vereador Enoque Lisboa de Souza, solicitando ao Excelentíssimo Senhor Rogério Rodrigues Lima Cafeteria, Secretário de Estado do Esporte e Lazer (SEDEL), a construção de um Ginásio Poliesportivo em nosso município.
10.05.2019


REQUERIMENTOS


Nº. REQUERIMENTO
EMENTA
APROVAÇÃO
REQ. nº. 003/2019
solicitando à Excelentíssima Senhora Prefeita, a revitalização do sistema de iluminação pública com a substituição das lâmpadas incandescente por lâmpadas de led, ao longo de toda a extensão da Avenida dos Pescadores (MA-203), iniciando-se na Escola Colégio Santo Antônio até o Viva Raposa, incluindo também as Avenidas Cafeteira e Newton Belo, em nosso município.
01.03.2019
REQ. nº. 025/2019
solicitando à Excelentíssima Senhora Prefeita Thalyta Medeiros de Oliveira, que determine ao setor competente que seja realizado estudo ambiental com diagnóstico socioambiental para a regularização fundiária urbana do município de Raposa.
29.03.2019
REQ. nº. 026/2019
solicitando ao Capitão dos Portos do Maranhão, Capitão de Mar e Guerra Marcio Ramalho Dutra e Mello, a instrução dos condutores das embarcações de passeios náuticos da cidade de Raposa.
29.03.2019
REQ. nº. 044/2019
solicitando ao Capitão dos Portos do Maranhão, Capitão de Mar e Guerra Marcio Ramalho Dutra e Mello, solicitando que seja realizada fiscalizações náuticas em nossa extensão marítima nos finais de semanas e feriados nesse município.
26.04.2019
REQ. nº. 055/2019
solicitando à Excelentíssima Senhora Prefeita Thalyta Medeiros de Oliveira, a aquisição de bastões de rondas, para controlar e gerenciar rondas dos vigias dos órgãos públicos municipais, principalmente as escolas da rede municipal de ensino.
10.05.2019
REQ. nº. 056/2019
subscrito pelo Vereador Enoque Lisboa de Souza, solicitando à Excelentíssima Senhora Prefeita Thalyta Medeiros de Oliveira, a doação de um terreno para a construção de um ginásio poliesportivo a ser construído pelo Governo do Estado do Maranhão nesse município
10.05.2019






Nº. REQUERIMENTO
EMENTA
APROVAÇÃO
REQ. nº. 061/2019
solicitando à Excelentíssima Senhora Prefeita Thalyta Medeiros de Oliveira, urgentes providencias para a execução da Lei Municipal Nº. 152/2009 (em anexo), sancionada em 11 de setembro de 2009, “dispõe sobre a criação e organização do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso – CMDI no Município de Raposa-MA”.
10.05.2019

A atenção voltada para todos os problemas, e com a disposição de lutar para a solução de cada um deles, ao mesmo tempo, em que busca também, novos equipamentos básicos para os variados setores e para o mais diversificado público-cidadão possível. Leia, abaixo, o alcance das ações de Jorge, por meio de seus Projetos de lei, e Requerimentos aprovados.

PROJETO DE LEIS E EMENDAS

Proj. n.º 015/2018
que faculta à pessoa idosa e/ou com deficiência a vacinação em seu domicílio, durante as campanhas realizadas no Município, sempre que houver a impossibilidade de seu deslocamento até um local de vacinação, e dá outras providências.
1ª: 09/11/2018
2ª: 22/11/2018

Proj. n.º 016/2018
que dispõe sobre a obrigatoriedade do conserto dos buracos, valas abertas nas vias públicas pelas Empresas e Concessionárias de serviços públicos que atuam no Município de Raposa.
1ª: 09/11/2018
2ª: 22/11/2018

Proj. n.º 017/2018
que dispõe sobre a proibição da cobrança de taxa de religação ou restabelecimento do serviço de água e energia elétrica no Município de Raposa e dá outras providências.
1ª: 09/11/2018
2ª: 22/11/2018

Proj. n.º 019/2018
que altera a denominação da Unidade Escolar Vila Nova, para Unidade Escolar Poeta José de Ribamar Sousa dos Reis.
1ª: 19/10/2018
2ª: 26/05/2017

Proj. n.º 021/2018
que dispõe sobre os critérios de denominação de ruas, praças, monumentos, obras e edificações públicas no Município de Raposa e dá outras providências.
1ª: 22/09/2018
2ª: 26/05/2017

TOTAL 5.                                     REQUERIMENTOS EMENDA /APROVAÇÃO

REQ. n.º 056/2018
solicitando ao Excelentíssimo Senhor Presidente da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana,Dr. Lawrence Melo Pereira, a mudança de sentido duplo para mão única na Avenida dos Pescadores (MA-203), nas proximidades da Igreja Católica.
31/08/2018

REQ. n.º 071/2018
solicitando ao Excelentíssimo Senhor Flávio Dino de Castro e Costa, Governador do Estado do Maranhão, e ao Exmo. Senhor Jefferson Miler Portela e Silva, Secretário Estadual de Segurança Pública, que seja implantado no Município da Raposa/MA uma Delegacia Especializada em Defesa da Mulher.
14/09/2018

Nº REQ.EMEDA - APROVAÇÃO

REQ. n.º 081/2018
solicitando  aos Srs Canindé Barros e Luís Cláudio Siqueira, respectivamente Secretário Municipal de Trânsito e Transporte de São Luís – SMTT e Superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte (SET), que seja implantado no Município da Raposa/MA um Posto de Venda de Créditos Estudantis.
19/10/2018

REQ. n.º 082/2018
solicitando à Excelentíssima Senhora Prefeita Thalyta Medeiros de Oliveira, a doação de um terreno ao Governo do Estado do Maranhão para que seja construído um Complexo de Segurança para abrigar as instalações das Polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros.
19/10/2018

REQ. n.º 088/2018
requer nos termos regimentais que seja enviado convite à presidente da Colônia Z-53, para prestar esclarecimentos a esta Casa Legislativa, no prazo de 05 (cinco) dias, a cerca de várias denuncias que merecem serem esclarecidas.
26/10/2018

REQ. n.º 092/2018
para que seja realizada uma audiência pública no dia 30 de novembro do corrente ano, a partir das 11hs00 para tratar sobre o SAAE no Município de Raposa.
22/11/2018

TOTAL 06
TOTAL GERAL 11

Além de requerimentos que estão em andamento como:

1 - a construção de duas praças da bíblia,  uma no Centro e outra na Vila.
Já com emendas parlamentar garantida.

2 -  colocação de vídeo monitoramento,  que será colocado em toda a extensão da avenida do pescador deste do colégio Santo Antônio , até o viva Raposa. Garantindo assim a ordem pública  contra vândalos e outras  contravenções inadequadas.

3 - A  instalação da Delegacia Especializada da Mulher,  já em fase  de ser implantada.

4 -  Ao cumprimento da lei  Municipal , que disciplina às Farmácias local ao plantão  em Rodízios,  facilitando a população quando nas necessidades de urgência comprarem algum remédios em Raposa na parte da  noite e na madrugada.

5 - outros ofício às secretarias municipais.

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Secretária de Saúde Natália Mandarino visita o Hospital DJalma Marques, visando em melhorias à curto prazo

 

Enfatizando nas ações visando o melhoramento na saúde do município de São Luís, a Secretária de Saúde Natália Mandarino visitou na manhã desta quinta-feira (06), o Hospital Djalma Marques (Socorrão 1), localizado no centro de São Luís. Na oportunidade, a secretária de saúde do município esteve juntamente com a secretária adjunta Izabel Macedo, sua equipe de trabalho e o Deputado Estadual Yglésio, os quais visitaram diversos setores do Socorão 1, objetivando na identificação de problemas. A ordem é resolver as dificuldades encontradas, para que a população possa ter uma saúde mais humanizada, contribuindo para a melhoria da saúde dos pacientes internados e ou em atendimento hospitalar.


A Secretária de Saúde do município de São Luís, Natália Mandarino continuou a sua agenda nas visitações às casas de saúde de São Luís. Na quarta-feira passada ela visitou o Socorrinho do Cohatrac e nesta sexta-feira (07), por volta das 09:00hs da manhã, a Secretária de Saúde do município Natália Mandarino, sua equipe de trabalho e o Deputado Estadual Yglésio, visitaram o Hospital Djalma Marques, onde foram recebidos pelo corpo de trabalho do hospital. A Enfermeira Bernadete e a sua equipe de gestão apresentou algumas demandas e dificuldades apresentados naquela casa de saúde. A equipe do corpo de gestão hospitalar mostrou todas as dependências do hospital para a secretária de saúde, apontando as reais condições do local e sua deficiência. Foram apresentadas sugestões para que os problemas fossem sanados. Depois de percorrer as dependências do hospital, a secretária de saúde do município determinou que fossem realizadas melhorias a curto prazo para aquela casa de saúde. A Secretária de Saúde Natália Mandarino se reuniu depois das visitas nas dependências do hospital, com a equipe de gestão do hospital e pontuaram normas para resolver os principais problemas apresentados de forma mais rápida possível. 
á o Deputado Dr. Yglésio ponderou, que ” Feliz por acompanhar a nossa amiga, a secretária Natália Mandarino nesta visita a esta casa de saúde de São Luís. Receber com alegria que há uma disponibilização de um recurso via Governo do Estado para que seja feito algumas adequações dentro do hospital como reformas em alguns setores específicos dentre eles no setor de recolhimento dos pacientes e no repouso dos profissionais desta casa e outras reformas e reparos. Esta visita demonstra a preocupação da secretária de saúde do município, que está iniciando agora a sua gestão. Reforça ainda o nosso compromisso pelo laço de fraternidade que temos de trabalhar cada vez mais pela saúde de São Luís", considerou o deputado.

As visitas da secretária de saúde do município de São Luís, Natália Mandarino irão continuar, embrenhadas em poder identificar os principais problemas encontrados nas casas de saúde do município e poder sanar a curto prazo com a problemática. As ações das visitas da secretária de saúde do município é um dos focos principais para com a sua gestão, visando em melhorias para a rede hospitalar do município de São Luís.



terça-feira, 17 de março de 2020

BR 222 totalmente interditada no Km 660, em Açailândia/MA

No final da noite de segunda-feira (16), a PRF interditou total o Km 660,5 da BR 222, área urbana do município de Açailândia, Pequiá de Baixo, local chamado "Rio do 40". O curso d'agua estava passando por cima da rodovia e parte do acostamento erodiu. Equipe PRF interrompeu o fluxo de veículos para resguardar a incolumidade das pessoas.

A empresa responsável pela manutenção do trecho fora acionada para proceder com vistoria.

Já nas primeiras horas de terça-feira, dia 17, o grande volume de água cortou parte da BR 222, interditado por completo a passagem naquele local.

segunda-feira, 16 de março de 2020

Madeira recebe carta branca do Cidadania, de Eliziane Gama


O ex-juiz federal Carlos Madeira, pré-candidato do Solidariedade à Prefeitura de São Luís, terá com aliado na eleição rumo a prefeitura da capital(São Luis), o Cidadania, da senadora Eliziane Gama. O partido definiu que rumo tomar nas eleições deste ano na capital.
Madeira teve um almoço com a senadora e alguns dos seus mais próximos conselheiros.

Dr. Fortunato Bandeira assume presidência PROS em Raposa

O ex-vice prefeito e médico Dr. Fortunato Bandeira assumiu a presidência do PROS, em Raposa, visando as eleições municipais de 2020.

sexta-feira, 13 de março de 2020

Sesc investe na área cênica com cursos gratuitos de iluminação, sonoplastia, direção de palco e cenografia

Investindo na capitação e formação profissional na área cênica, o Sesc abre uma excelente oportunidade para quem deseja trabalhar na iluminação, sonoplastia, direção de palco e cenografia. O projeto Carpintaria Cênica é inteiramente gratuito, os cursos de iniciação destinam vinte vagas exclusivamente para dependentes de trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e dez são abertas ao público em geral. As inscrições acontecem de 1º a 3 de abril no Sesc Administração, localizado na Av. dos Holandeses, das 08h30 às 11h30 e das 14h às 16h.
Os candidatos devem ter com áreas técnicas e artísticas da linguagem cênica e estar na faixa etária entre 18 e 29 anos. É necessário que sejam alunos oriundos do ensino médio de escolas públicas, ter concluído o ensino médio ou estar cursando o último ano, preferencialmente em escola pública. Podem se inscrever acadêmicos de Artes e estudantes cursos técnicos em artes cênicas.
Os interessados em participar do processo seletivo deverão apresentar cópias e originais dos seguintes documentos: Ficha de inscrição preenchida; 01 foto 3x4 colorida e recente; cópias de RG e CPF; comprovante de residência (com emissão inferior a 60 dias); Cartão Sesc atualizado do titular ou dependente (candidato); Comprovante de escolaridade: Certificado do Ensino Médio e/ou declaração escolar e Certificado de cursos ou capacitações, além de currículo resumido (com comprovação de experiência profissional).
Ficam reservadas 5% do total de vagas disponibilizadas para candidatos com deficiência, cujas atribuições do curso sejam compatíveis com a deficiência. O candidato com deficiência deverá entregar, no ato da inscrição, Laudo Médico (original ou cópia autenticada), emitido nos últimos 12 (doze) meses, atestando a deficiência (grau e nível), com expressa referência ao Código Internacional de Doenças (CID-10).

A entrevista será realizada por equipe multidisciplinar nos dias 17 e 18 de abril de 2020, no Teatro Sesc Napoleão Ewerton. Os candidatos deverão comparecer ao local apresentando documento de identificação com foto. A matrícula dos selecionados é obrigatória e deverá ser realizada nos dias 04 e 05 de maio de 2020, nas dependências do Teatro Sesc Napoleão Ewerton. Os cursos iniciarão no dia 07 de maio de 2020 e incluem auxílio-transporte correspondente às passagens do mês. Regulamento e ficha de inscrição disponíveis no www.sescma.com.br
O projeto Carpitaria Cênica conta com o apoio do Departamento Nacional do Sesc. É uma iniciativa inovadora dentro do Sistema e tem objetivo de contribuir para a formação e aperfeiçoamento dos profissionais envolvidos na área cênica, proporcionando o acesso a conteúdos e conhecimentos básicos no fazer teatral.

quarta-feira, 11 de março de 2020

Dutra contraria a Justiça e não vai fazer a perícia no Hospital Nina Rodrigues

O prefeito afastado Domingos Dutra não compareceu ao Hospital Nina Rodrigues, no NPP (Núcleo de Perícias Psiquiátricas) para realizar, a pedido da Justiça do Maranhão, perícia médica que deve decidir a volta ou afastamento por completo do comunista da prefeitura.
A perícia estava agendada para ser realizada na manhã de hoje, 11.
Segundo informações, o Hospital deve ainda hoje oficializar para a Justiça o não comparecimento de Domingos Dutra.

Jornalista Evandro Júnior relata em livro história dramática de transsexual maranhense


“O Outro Lado da Maçã” é o título do primeiro livro do jornalista, colunista social e blogueiro Evandro Júnior, do jornal O Estado do Maranhão. Com 140 páginas, o romance biográfico é baseado na história da transexual maranhense Raíssa Martins Mendonça e será lançado durante coquetel no dia 27 de março, às 19h, na Universidade Ceuma, no Renascença II. O livro foi editado pela Halley S.A. Gráfica e Editora e o projeto gráfico e a capa são assinados por Júlio Rodrigues Júnior.
Com apresentação do escritor José Fernandes, membro da Academia Ludovicense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão (IHGM), e orelhas assinadas pela publicitária Vânia Frazão, o livro traz à tona a difícil e conturbada trajetória de vida da personagem principal, que enfrenta muitas dificuldades para driblar o preconceito da sociedade e chega, inclusive, a tentar a sorte no exterior, em busca de sua felicidade.
Natural do município de Pedro do Rosário, Dorivaldo Martins Mendonça é levado para a capital aos 12 anos de idade, onde passa a morar com uma tia, trabalhando como catador de frutas e pregoeiro. Mais tarde, não aceitando a sua condição sexual, a tia o obriga a retornar às origens. O menino não desiste de seu sonho de vencer para ajudar a família e volta para São Luís, onde assume uma nova identidade. Depois de muitos altos e baixos, encara a sociedade de frente e, com a ajuda da justiça, adquire um prenome social.
“Dois amigos sinceros surgem no seu horizonte: um juiz que, à distância, torna-se seu conselheiro, e um líder umbandista e legislador municipal profícuo, de quem se torna governanta com total dedicação e que lhe facilita frequentar um curso universitário de Psicologia. Quando a tranquilidade parecia lhe acalentar o espírito, é denunciada e presa por crime de estupro mediante fraude, recolhida à penitenciária, e por aí segue”, resume José Fernandes, na apresentação.
Superação – Com onze capítulos, “O Outro Lado da Maçã” objetiva passar uma mensagem de superação e mostrar um exemplo de luta contra o preconceito de gênero no Brasil. O livro contém lances com conotação de denúncias, a exemplo do tráfico internacional de pessoas iludidas e transformadas em escravas sexuais. Além disso, mostra a dificuldade de muitas famílias em lidar com a questão da transexualidade e o preconceito enfrentado por muitos transexuais no ambiente familiar, no trabalho e até mesmo dentro das universidades.

“É muito importante praticar condutas que rebatam o preconceito, revelando as experiências preconceituosas vividas na família, na escola e em outros espaços sociais onde ele se manifeste. Escrever sobre essa temática também é um dos caminhos para desmistificar o assunto e acredito que a obra pode levar os leitores a uma reflexão mais profunda, uma vez que apresentamos um conteúdo baseado em uma história real”, diz o autor.
O jornalista ressalta que a maioria das pessoas ignora o fato de que a descoberta da sexualidade é parte de experiências pessoais e não tem necessariamente a ver com a reprodução de modelos. “A ideologia de gênero é um termo empregado na Antropologia desde a década de 1950 e se refere a características sociais e culturais que compõem a personalidade subjetiva de homens e mulheres. 
O termo gênero, portanto, não é sinônimo de sexo biológico. Promover a igualdade de gênero nada mais é do que garantir que meninos e meninas sejam livres para agir na escola da maneira como se sintam confortáveis, sem se preocupar em cumprir determinados papeis preestabelecidos”, diz.
Autor tarimbado

Evandro Júnior é formado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e há 20 anos integra a equipe de redatores do jornal O Estado do Maranhão, pertencente ao Grupo Mirante. No matutino, assina também a coluna Tapete Vermelho, posicionada dentro do Caderno PH Revista, publicação semanal do colunista Pergentino Holanda. Comanda, ainda, o Blog do Evandro Júnior, hospedado no Portal Imirante.com, outro veículo do Grupo Mirante.

Em O Estado, é redator do caderno Alternativo. Além disso, faz parte da equipe de editores do site da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Escreveu, ainda, o livro infanto-juvenil “O Casamento da Princesa Julie”, ainda não publicado.


terça-feira, 10 de março de 2020

Bebê de oito dias engasga e é salva por Policial Militar em Raposa

Na noite de sexta-feira, dia 06, por volta das 22h, uma moradora do município de Raposa identificada como Silvana Santos da Silva procurou o Quartel do 22º BPM (Batalhão de Polícia Militar) em busca de socorro.
Silvana estava com uma recém-nascida inconsciente nos braços. Ela que é avó do bebê, informou que Alice, de apenas 8 dias, se engasgou apresentando roxuras no corpo.
Verificando o caso, o Soldado Guilhon, iniciou os primeiros socorros realizando massagens na bebê. O procedimento salvou a vida da bebê.
Logo após, foi encaminhada a Unidade de Saúde Dra. Nemércia Dias Pinheiro, onde foi diagnosticado o engasgo por resto de parto.
É importante ressaltar, que os Policiais Militares do 22º BPM receberam diversas instruções no Curso de Formação e regularmente pelo CPAM-2.
Em tempo, o 22º Batalhão da Polícia Militar de Raposa tem como comandante o tenente-coronel Carlos de Jesus Salles Neto e subcomandante o Capitão Araújo.

SSP através do Pacto Pela Paz realiza campanha para vítimas de alagamento nos bairros da Divinéia, Vila Palmeira e adjacências



A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP), através do Projeto Pacto Pela Paz está dando todo o apoio necessário para as famílias que foram afetadas pelas enchentes, ocorrido na noite desta segunda-feira (09) no bairro da Divinéia do Santa Cruz, Vila Palmeira e adjacências.

Nesta terça-feira (10), a Polícia Militar e o Pacto Pela Paz realizou a entrega de diversas cestas básicas, onde foram disponibilizados colchões e diversos materiais, para amenizar as dificuldades das vítimas. O Projeto do Pacto Pela Paz, já iniciou uma campanha de arrecadação de donativos, objetivando em alcançar os fragilizados pelas enchentes.

O Coordenador Executivo do Projeto do Pacto Pela Paz, está coordenando as iniciativas, no sentido de amparar e diminuir os danos causados às famílias. Uma campanha estará disponível à partir desta quarta-feira (11), visando em ajudar as vítimas das enchentes.

apoiado pelo Secretário de Segurança Jefferson Portela, haveremos de amenizar o sofrimento das pessoas que foram atingidas por essa  enchente", disse o líder comunitário André STREET

STF acaba com o “efeito Tiririca” nas eleições


O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu em sessão extraordinária que as vagas de eleições não preenchidas pertencem a todos os partidos, independentemente do quociente partidário. O partido Democratas (DEM) ajuizou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra parte da lei que modificou regras para a partilha dos lugares não preenchidos. Na decisão, publicada na última quarta-feira,4, o ministro Marco Aurélio disse que a Constituição Federal não determina um modelo único para o preenchimento das sobras eleitorais.
No caso, a ADI 5947 questionava o art. 3º da Lei 13.488/2017 que determinou a desnecessidade da aplicação dos quocientes partidários no percentual mínimo de 10% sobre a votação nominal  na distribuição dos vagas eleitorais. Para ministro Marco Aurélio, relador da ação, essa alteração permite que partidos menores venham a ter maior representação parlamentar, que em sua maioria tem vínculo com  à defesa de grupos socialmente minoritários. O relator disse que há exemplos claros de candidatos de siglas pequenas que obtiveram votação expressiva, mas que não assumiram o mandato por força da quantidade mínima exigida pelo quociente eleitoral.
De acordo com o advogado Leonardo Vasconcelos, especialista em direito eleitoral, “a partir de agora, com essa mudança barra-se o “efeito Tiririca” nas eleições proporcionais ( deputado federal, deputado estadual e vereador) que era muito combatido pela doutrina afeita ao direito eleitoral. Antes, um candidato recebia uma grande quantidade de votos e com isso carregava outros candidatos com votação pequena, de partidos e ideologias diferentes”. Com o fim das coligações, na prática as convenções foram antecipadas para março com a janela partidária, desta  forma muitos partidos estão colocando determinados candidatos no páreo  na esperança de uma boa expectativa de voto. Desta forma, espera-se ter um número maior de vagas. O efeito agora é de “formiguinha”,  dando resultado de baixo para cima e não o contrário, como acontecia até então. Analisa Vasconcelos.
A cláusula de barreira foi julgada constitucional, só podendo ser eleito o candidato que venha a ter 10% do mínimo do quociente eleitoral. Um exemplo, se o QE for de mil votos, será eleito  quem receber no mínimo 100 votos, mesmo que exista a sobra da vaga eleitoral em seu partido. Aquele que tiver obtido 99 votos, ficará de fora do mandato. O cálculo para o quociente eleitoral é feito a partir da divisão do número dos votos válidos, excluídos os brancos e nulos, pela quantidade de vagas nas casas legislativas.
Em 2010, o deputado federal Tiririca (PL-SP) obteve 1.3 milhão de votos. Foi o deputado federal mais bem votado no país naquele pleito, sendo responsável pelo mandato de mais três candidatos do Partido da República (PR) que não conseguiram se eleger de forma isolada.
*Com informações STF


sexta-feira, 6 de março de 2020

Justiça determina que Paula da Pindoba continue no comando do município de Paço do Lumiar


Assim como a Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, o Tribunal de Justiça do Maranhão também entendeu que o prefeito Domingos Dutra (PCdoB) deve manter-se afastado do cargo, até que seja provado que o mesmo tem aptidão para exercer a função de chefe do Executivo municipal.
Em decisão da 1° Vara Cível, em resposta à ação movida pelo Ministério Público, a juíza Lewman de Moura Silva diz que, diante dos laudos médicos que apontam que Dutra foi acometido de uma Trombose Venal Cerebral e AVC hemorrágico, deixando sequelas que levariam de 6 meses há 2 anos para uma possível reabilitação, o mesmo não tem as mínimas condições de reassumir o cargo de prefeito.
Na decisão, também é citado o pedido de interdição do prefeito Dutra, que tramitou na 1° vara de Imperatriz. No pedido de curatela, Núbia Dutra declara que o marido não tem capacidade de exercer suas atividades laborais e nem de gerir decisões, dependendo de terceiros para todas as suas atividades.
Por essas razões, a justiça determinou que a vice-prefeita Paula Azevedo(SD), retome interinamente ao cargo de prefeita municipal, determinando também que o Banco do Brasil se abstenha de realizar quaisquer operações financeira ordenadas por Domingos Dutra. A 1° Vara não solicitou o pedido de nova perícia médica, tendo em vista, que a 2° vara do termo judiciário já havia solicitado uma perícia a ser realizada no Hospital Nina Rodrigues. Domingos Dutra, tem até 15 dias para apresentar contestação.
Fonte: Daniel Matos

Desembargadores destacam regras das eleições deste ano 2020 durante painel na cidade de Raposa


O plenário e a galeria da Câmara Municipal de Raposa ficarem pequenos para comportar centenas de pessoas que ali compareceram na manhã desta sexta-feira (06), para participarem do painel de debates promovido pela casa parlamentar, que discutiu temas como as regras das eleições deste ano, a importância das ouvidorias e o combate às fakes news.


O evento teve como palestrantes os desembargadores Tyrone José Silva, vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral, José Bernardo Rodrigues, vice-presidente eleito do Tribunal de Justiça e ex-presidente da Justiça Eleitoral, além do juiz Gustavo Vilas Boas, membro do TRE/MA e ouvidor da Corte Eleitoral.
Os três magistrados fizeram uma ampla explanação sobre todos os temas relacionados às eleições, mostraram o que pode e o que não pode ser feito no pleito deste ano e terminaram destacando a importância do painel como propagador de conhecimentos para o eleitor e também para os candidatos a cargos eletivos.
Fonte: Djalma Rodrigues